As estratégias de marca própria dos maiores supermercados do Brasil 

Segundo a Scanntech, as categorias com marca própria representam 65% do faturamento dos supermercados, proporcionando uma margem de lucro mais alta e impulsionando o crescimento sustentável do negócio.  

No contexto geral do varejo, as cestas de perecíveis e mercearia básica têm uma participação significativa de 2,5% e 3,1%, respectivamente, em Marcas Próprias. Porém, essa participação aumenta consideravelmente, atingindo 10,8% e 9,8%, quando se foca nos supermercados e atacarejos que investem em private label.  

Durante o PL Connection 2023, foram reveladas as principais estratégias de marca própria adotadas pelas maiores empresas do setor como GPA, DIA Group e Oba Hortifruti. Confira!  

 Pioneirismo e tradição   

O varejo alimentar brasileiro lidera o segmento de marca própria no país, representando aproximadamente 66% das vendas de produtos exclusivos. Esse domínio se deve, em parte, ao pioneirismo das grandes redes, que importaram a tradição das marcas próprias dos supermercados estrangeiros. No entanto, o sucesso contínuo dessas marcas é resultado de estratégias adaptadas ao contexto socioeconômico e cultural brasileiro.  

Construção de arquitetura de marca   

Uma das estratégias-chave por trás das marcas próprias dos supermercados é a construção de uma arquitetura de marca sólida. O GPA , por exemplo, gerencia três linhas distintas de produtos para atender a diferentes demandas dos consumidores.  

Desde a linha econômica, representada pela marca Pra Valer, até a linha premium, incluindo a renomada Clube dos Sommeliers, o grupo oferece uma ampla gama de opções para seus clientes.  

Já o DIA Group adota uma abordagem diferente, concentrando-se na marca “Melhor a cada DIA”, que abrange nove categorias de produtos e mais de trinta submarcas. Essa estratégia linear reflete o compromisso da rede com preços competitivos e descontos para os consumidores.  

Enquanto isso, o Oba Hortifruti diversifica sua oferta com cinco linhas de marcas próprias, adaptadas a diferentes perfis de consumidores e hábitos de compra, desde produtos premium até suplementos alimentares e cervejas artesanais.  

 Reinvenção de marcas e expansão do portfólio   

A capacidade de se reinventar é crucial para o sucesso a longo prazo das marcas próprias. O GPA , por exemplo, revitalizou sua marca Qualitá, introduzindo novas linhas como Leve e Premium para atender às demandas dos consumidores por produtos mais sofisticados e saudáveis.  

O DIA Group, por sua vez, adota uma abordagem criativa, incorporando a cultura brasileira em sua identidade visual e nomes de produtos. Essa estratégia tem sido fundamental para diferenciar seus produtos no mercado e atrair a atenção dos consumidores.  

Tendências de sustentabilidade e saudabilidade   

As grandes redes de supermercados estão atentas às tendências de sustentabilidade e saúde que moldam as preferências dos consumidores modernos.  

O GPA, por exemplo, lançou a marca Taeq em 2006, oferecendo opções saudáveis e sustentáveis para seus clientes. Além disso, iniciativas como o programa “Novo de novo”, que utiliza resíduos reciclados na produção de produtos Qualitá, destacam o compromisso da empresa com a responsabilidade ambiental.  

O DIA Group e o Oba Hortifruti também investem em iniciativas sustentáveis, como a gestão de resíduos e programas de reciclagem, alinhados aos seus valores e posicionamento de mercado.  

Foco na gestão com garantia de qualidade dos fornecedores   

Por fim, as grandes redes de supermercados entendem a importância de parcerias estratégicas com fornecedores de confiança para garantir a qualidade e a variedade de seus produtos. O programa “Qualidade desde a Origem” do GPA é um exemplo disso, assegurando a qualidade e rastreabilidade dos produtos vendidos sob a marca Qualitá.  

Em suma, as estratégias de marca própria adotadas pelos maiores supermercados do Brasil são fundamentais para impulsionar as vendas, fidelizar clientes e se destacar em um mercado altamente competitivo.  

Isabella Trevison e Giovanna Barone

POSTS ANTERIORES

5 de julho de 2024

Série: por dentro da indústria de private label 

compartilhe essa ideia:

Entrevista
5 de julho de 2024

Série: por dentro da indústria de private label 

O mercado de marcas próprias, já consolidado na Europa, está em franca expansão no Brasil, refletindo a tendência de consumidores que buscam qualidade e economia.
Entrevista
5 de julho de 2024

Por dentro da indústria de private label 

Em meio ao dinamismo e crescimento do mercado de marcas próprias, as indústrias se veem diante de um cenário repleto de oportunidades.
Varejo
5 de julho de 2024

Como escolher os melhores fornecedores para marcas próprias

Descubra como selecionar os melhores fornecedores para marcas próprias e garantir o sucesso do seu varejo com estratégias inovadoras e parcerias sólidas.

Mantenha-se
atualizado
Assine nossa
Newsletter

AGÊNCIA DE VIAGENS PARCEIRA